Turismo da Alemanha destaca centenário da Escola Bauhaus

04-02-2019 (15h49)

O Turismo da Alemanha está a destacar o centenário da Escola Bauhaus, escola de design, artes plásticas e arquitectura fundada em 1919, para promover 'visitas obrigatórias' às cidades de Weimar, Dessau e Berlim, onde a escola proliferou durante os seus 14 anos.

A Escola Bauhaus foi fundada em Weimar a 1 de Abril de 1919, com o arquitecto Walter Gropius como director, que fundiu a escola de arte da cidade com a de artes aplicadas.

Em Weimar, no dia 6 de Abril, vai ser inaugurado um museu que "evoca a primeira fase da mais importante escola de arte e design do século XX", num edifício desenhado por Heije Hanada. Este museu vai contar com "a mais antiga colecção de objectos, alguns expostos ao público pela primeira vez, e combina a história da Bauhaus com questões sobre o nosso modo de vida actual e o que projectamos para o futuro".

Em Março de 1925, a escola teve de ser encerrada em Weimar, e mudou-se para Dessau onde encontrou espaço num edifício projectado pelo director Walter Gropius. O foco da escola passou a incidir sobre objectos do quotidiano como os móveis tubulares de aço de Marcel Breuer e, mais tarde com Hannes Meyer como director, sobre preocupações sociais através de projectos para produtos e edifícios que podessem ser acessíveis a todos.

Ludwig Mies van der Rohe foi nomeado director ainda em Dessau em 1930, antes de a escola ser encerrada quando o Partido Nazi tomou controlo da região de Dessau em 1931.

A cidade de Dessau vai contar com o Museu Bauhaus, onde vai ser exibida a "variedade e qualidade da colecção pertencente à Fundação Bauhaus Dessau", com 40.000 objectos que contam a história da Bauhaus na cidade, a partir de Setembro de 2019.

Em 1932, Mies van der Rohe arrendou uma fábrica abandonada em Berlim, que foi reabilitada pelos alunos e corpo docente, para funcionar como escola. A escola  funcionou por menos de um ano até o Partido Nazi ordenar o seu encerramento. Ainda foi reaberta, com autorização da Gestapo, mas acabou por ser encerrada pelo director e corpo docente.

O Bauhaus Archiv, que foi inaugurado em Berlim em 1979, está encerrado para a criação de uma extensão, um projecto de Volker Staab, com abertura prevista para 2022. No entanto, o arquivo vai celebrar o centenário da Escola Bauhaus com a "Original Bauhaus", uma mostra na Berlinische Galerie "que incluirá quer clássicos do design, quer peças que representam a resposta de artistas contemporâneos aos ícones do modernismo", a partir de Setembro.

A cidade de Berlim vai assinalar o centenário com eventos como visitas guiadas especiais como a Grand Tour of Modernism, menus temáticos em diferentes restaurantes, e a Semana Bauhaus, entre 31 de Agosto e 14 de Setembro, que também vai contar com ementas especiais nos restaurantes e bares na Kantstrasse e na Potsdamer Strasse.

Clique para ver mais: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Soltrópico lança três circuitos guiados para explorar os Açores

21-02-2019 (11h10)

O operador turístico Soltrópico lançou para o mercado três programas para visitar os Açores, todos com visitas guiadas, transporte, refeições, alojamento e voos com lugares garantidos.

Turismo português em Malta mais do que duplica entre Janeiro e Novembro de 2018

21-02-2019 (10h12)

O número de turistas portugueses que visitaram Malta entre Janeiro e Novembro do ano passado atingiu os 20.701, o que corresponde a um aumento de 118,4% face ao período homólogo de 2017.

Solférias, Soltrópico e Sonhando anunciam charters de Verão para Monastir (Tunísia)

20-02-2019 (13h21)

Os operadores turísticos Solférias, Soltrópico e Sonhando têm programados para este Verão dois voos charter para Monastir, na Tunísia, um realizado pela TAP, de Lisboa, e outro operado pela Tunisair, do Porto.

Penacova quer atrair novos públicos com Festival da Lampreia

20-02-2019 (09h51)

Doze restaurantes vão participar na edição deste ano do Festival da Lampreia de Penacova, entre sexta-feira e Domingo, uma aposta da autarquia para atrair mais visitantes ao concelho.

China proíbe visitas de estrangeiros ao Tibete em Março

20-02-2019 (09h46)

A China está a proibir o acesso de estrangeiros ao Tibete durante o mês de Março, quando se celebra um par de aniversários sensíveis que questionam a legitimidade da soberania chinesa naquela região dos Himalaias.