Maravilhas de Isfaão, “metade do mundo”

25-06-2018 (18h09)

A quantidade e a beleza de palácios, mesquitas, pontes e jardins de Isfaão garantiu há séculos a descrição da cidade pelos seus habitantes como "metade do mundo", por conter metade das maravilhas do mundo, as mesmas que fazem desta cidade uma das mais apetecíveis para visitar no Irão.

A cerca de 400 quilómetros a Sul de Teerão, a cidade tem monumentos com mais de três mil anos, mas não é só a antiguidade que fascina os visitantes, que são atraídos pela riqueza das cores, da azulejaria, e da imponência dos edifícios.

Só na Praça Naqsh-e Jahan, que é a segunda maior do mundo, depois de Tiananmen, encontram-se motivos suficientes para um deslumbramento imediato.

A praça, classificada Património Mundial pela UNESCO, está rodeada de edifícios espectaculares, pérolas da arquitectura persa que escondem no seu interior as ruas labirínticas de um bazar, onde se vendem tapetes, cerâmica, especiarias e quase tudo o que se possa procurar.

A Grande Mesquita de Isfaão é um dos principais edifícios da praça, um dos expoentes máximos da arquitectura persa islâmica.

Entre outros atractivos, há um monumento curioso a visitar em Isfaão, que é a Igreja de São José de Arimateia, construída para os cristãos arménios no século XVII.

A curiosidade é que a sua construção foi autorizada por Abbas I, o xá na época, em resposta a um pedido de um embaixador de Portugal, e com a exigência que o exterior do edifício fosse semelhante a uma mesquita.

 

O PressTUR visitou o Irão em Dezembro de 2017 a convite da euroAtlantic


Ver também:

 

Vida de turista em Teerão, a visitar palácios e mesquitas

Vida em Teerão, no bazar de Tajrish e no bairro Darband

Teerão: os tradicionais e os modernos

Hotel Abbasi, um monumento com três séculos

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TUI Portugal já vende pacotes para o Fim de Ano no Dubai

16-07-2018 (14h04)

O operador turístico TUI Portugal já está a promover os seus programas para celebrar o Fim de Ano no Dubai, com voos Emirates e quatro noites de alojamento a partir de 1.165 euros por pessoa em quarto duplo.

Mário Candeias, um português no Irão para liderar a expansão de um grupo hoteleiro

26-06-2018 (17h00)

O director do hotel Espinas Palace em Teerão é Mário Candeias, um português na sua primeira experiência a trabalhar no estrangeiro com a missão de expandir o grupo e com a certeza de que isso se fará primeiro no Irão, onde garante que as oportunidades são imensas.

Latinos e persas “têm muitas semelhanças”, diz Mário Candeias, director do Espinas Palace em Teerão

26-06-2018 (16h53)

Mário Candeias lidera desde Março de 2017 o hotel Espinas Palace, em Teerão, e da sua experiência conclui que entre latinos e persas há "muitas semelhanças até no lado emocional, até no saber receber, na componente da hospitalidade".

Vida de turista em Teerão, a visitar palácios e mesquitas

25-06-2018 (18h27)

Os encantos da capital do Irão estão escondidos nos bazares, palácios e locais de culto, enquadrados pelas montanhas que rodeiam a cidade. Para lá chegar é preciso atravessar uma confusão de trânsito, mas vale bem a espera.

Vida em Teerão, no bazar de Tajrish e no bairro Darband

25-06-2018 (18h23)

A capital do Irão tem a sua beleza escondida em bazares como o de Tajrish, onde abundam especiarias, frutas e legumes, e em bairros como o de Darband, onde as casas de chá sobem em escada pela montanha.