Malta aposta na cultura e eventos para aumentar chegadas de turistas internacionais

15-05-2018 (16h20)

Foto: www.maltacultureguide.com
Foto: www.maltacultureguide.com

A cultura, a história e os eventos, que este ano têm uma programação mais extensa pelo facto de Valeta ser Capital Europeia da Cultura, são as novas apostas de Malta para aumentar a chegada de turistas estrangeiros, uma estratégia que já está a ter resultados positivos, disse ao PressTUR, Gavin Gulia, chairman do Turismo de Malta.

"Crescemos de 1,1 milhões de turistas em 2005 para 2,3 milhões de turistas em 2017 e estamos confiantes de que vamos alcançar os 2,5 milhões de turistas até ao final deste ano", começou por dizer Gavin Gulia.

Na sua opinião existem várias razões para o crescimento, incluindo uma "mudança geral na indústria do turismo a nível global" e "também uma mudança na visão da MTA [Malta Tourism Authority".

"Antigamente focávamos todas as nossas energias no meses de Verão, por causa do sol e mar, um produto que sempre vendemos, mas obviamente tínhamos um problema de sazonalidade. Então mudámos de estratégia", explicou o executivo.

A cultura e a história, aliados ao clima, quente no Verão e ameno no Inverno, foram as primeiras apostas, uma vez que o país tem uma riqueza histórica muito vasta.

Gavin Gulia destacou a história de Manuel Pinto da Fonseca, um português que foi eleito grão-mestre dos cavaleiros de São João, que morreu em Malta e está sepultado na Catedral de São João, em Valeta.

Por outro lado, o Turismo de Malta também investiu na programação de eventos, incluindo o Isle of MTV Music Week ou Festival do Barroco.

Desde a mudança de estratégia, "o crescimento é visível, porque deixámos de vender Malta só no Verão para passar a vender durante todo o ano, o que também acontece porque conseguimos atingir o mercado de city breaks", salientou Gavin Gulia.

Malta atrai também um série de nichos de mercado, desigadamente mergulho, turismo de aprendizagem da língua inglesa para jovens e séniores, turismo LGBT, casamentos, "especialmente da Índia", e cruzeiros, com o que soma cerca de "700 mil vistantes por ano".

 

Turistas portugueses em Malta

O número de turistas portugueses em Malta também deverá ter um crescimento forte este ano prevê Gavin Gulia, uma vez que em 2017 chegou aos 900 mil e este ano, só no mês de Abril, já somou 300 mil, um terço do total do ano passado.

O aumento está relacionado com a retoma dos voos regulares da Air Malta de e para Lisboa e da Ryanair de e para o Porto (clique para ler: Air Malta vai manter voos para Lisboa no Inverno e quer duplicar frequências em 2019 / Ryanair anuncia nova rota entre Porto e Malta).

 

Clique para mais notícias: Malta

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Sonhando promove ofertas para o Fim de Ano na Bahia

19-10-2018 (13h31)

O operador turístico Sonhando está a promover ofertas para o Fim de Ano em Guarajuba e na Praia do Forte, na Bahia, com voos directos de Lisboa e do Porto.

Solférias lança programa para réveillon em Granada e Sierra Nevada

19-10-2018 (13h29)

O operador turístico Solférias anunciou um programa para celebrar o réveillon em Granada e Sierra Nevada, com alojamento e festa de Fim de Ano.

Soltrópico propõe férias na Maurícia com hotéis Beachcomber

19-10-2018 (13h28)

O operador turístico Soltrópico divulgou para o mercado propostas para férias na Maurícia com alojamento em hotéis Beachcomber e “assistência em português à chegada”.

TUI Portugal anuncia venda antecipada para luas de mel nas Maldivas

19-10-2018 (13h26)

O operador turístico TUI Portugal está a comercializar em campanha de venda antecipada programas para luas de mel nas Maldivas, de Janeiro a Setembro de 2019.

Nordictur propõe viagem à Noruega para ver auroras boreais

19-10-2018 (13h21)

O operador turístico Nordictur está a promover um programa de três noites para visitar a Tromso, na Noruega, e ver as auroras boreais, que classifica como “um dos mais belos fenómenos da natureza”.