Indie Campers sugere road trip na EN2 com seis 'paragens obrigatórias'

05-02-2019 (15h51)

A Indie Campers está a sugerir umas "miniférias românticas em seis locais de paragem obrigatória, ao longo da famosa Estrada Nacional 2 (EN2), que atravessa o país de Chaves a Faro", com preços a partir de 49 euros por noite.

Esta iniciativa surge no âmbito do dia dos namorados, 14 de Fevereiro, que coincide com o 6º aniversário da empresa de aluguer de autocaravanas.

Esta road trip portuguesa pode começar em Faro, cujas atracções incluem a muralha do século IX, as igrejas da Sé, do Carmo e da Misericórdia, a Capela dos Ossos e o Arco da Vila. Há ainda a marina com uma série de restaurantes e bares. O Parque Ribeirinho, que é gratuito, está disponível para pernoitas.

A vila da Sertã, "banhada pela Ribeira da Sertã e conhecida pela zona balnear da Albufeira de Castelo de Bode, pela Ponte Romana do Cabril, pela igreja e também pelo castelo que data da reconquistã cristã", pode ser a próxima paragem para quem parte de Faro. A pernoita pode ser feita no Parque de Campismo Eventur ou no Parque de Pernoita de Autocaravanas.

A Aldeia Histórica de Portugal do Piódão, na Serra do Açor, com uma espécie de anfiteatro formado pelas suas casas de xisto e lousa é outro dos destinos a não perder. É possível visitar a Igreja Matriz e o Núcleo Museológico do Piódão, e pernoitar no Parque de Campismo Ponte das Três Entradas.

Já no concelho de Coimbra, a sugestão é Penacova, que dispõe de "um vasto património histórico e paisagens de cortar a respiração". É possível visitar a Igreja Matriz, o Mirante Emygdio Silva, a Livraria do Mondego, o Mosteiro de Lorvão e os moinhos de vento, entre outros pontos de interesse. O município dispõe de um parque de campismo para autocaravanas.

Viseu é a próxima sugestão, "um destino cultural e gastronómico ímpar" com os seus "muitíssimo bem cuidados jardins que lhe conferem o estatuto de cidade-jardim desde 1935". A cidade também é conhecida por contar com exemplos de estilos arquitectónicos como o romano, judaico, medieval, manuelino e arte contemporânea. É possível visitar a Sé Catedral, a Igreja da Misericórdia, o edifício dos Paços do Concelho, o Museu Grão Vasco, entre outros pontos de interesse. O Parque da Rotunda Cibernética é a sugestão da Indie Campers para estacionar.

A última paragem (ou ponto de partida, dependendo do sentido escolhido) é Chaves, que além de contar com as suas termas, também dispõe de diferentes pontos de interesse como os museus Militar e Ferroviário, as igrejas Matriz de Santa Maria Maior e da Misericórdia, os fortes de São Neutel e de São Francisco, e ainda a Ponte Romana que atravessa o Tâmega. É possível pernoitar no Parque de Campismo Quinta do Rebentão.

Clique para ver mais: Cá Dentro

Clique para ver mais: Promoções

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Soltrópico lança três circuitos guiados para explorar os Açores

21-02-2019 (11h10)

O operador turístico Soltrópico lançou para o mercado três programas para visitar os Açores, todos com visitas guiadas, transporte, refeições, alojamento e voos com lugares garantidos.

Turismo português em Malta mais do que duplica entre Janeiro e Novembro de 2018

21-02-2019 (10h12)

O número de turistas portugueses que visitaram Malta entre Janeiro e Novembro do ano passado atingiu os 20.701, o que corresponde a um aumento de 118,4% face ao período homólogo de 2017.

Solférias, Soltrópico e Sonhando anunciam charters de Verão para Monastir (Tunísia)

20-02-2019 (13h21)

Os operadores turísticos Solférias, Soltrópico e Sonhando têm programados para este Verão dois voos charter para Monastir, na Tunísia, um realizado pela TAP, de Lisboa, e outro operado pela Tunisair, do Porto.

Penacova quer atrair novos públicos com Festival da Lampreia

20-02-2019 (09h51)

Doze restaurantes vão participar na edição deste ano do Festival da Lampreia de Penacova, entre sexta-feira e Domingo, uma aposta da autarquia para atrair mais visitantes ao concelho.

China proíbe visitas de estrangeiros ao Tibete em Março

20-02-2019 (09h46)

A China está a proibir o acesso de estrangeiros ao Tibete durante o mês de Março, quando se celebra um par de aniversários sensíveis que questionam a legitimidade da soberania chinesa naquela região dos Himalaias.