Governo português desaconselha viagens para zonas atingidas por furacão Florence

13-09-2018 (11h39)

Imagem: NHC
Imagem: NHC

O Governo português desaconselhou viagens, durante pelo menos 15 dias, para os estados norte-americanos da Virgínia, Carolina do Norte, Carolina do Sul e Geórgia, que deverão ser atingidos pelo furacão Florence, considerado um dos mais destruidores.

“Por força da aproximação do furacão de categoria 4 Florence, desaconselham-se vivamente viagens para os estados da Virgínia, Carolina do Norte, Carolina do Sul e Geórgia”, lê-se num alerta publicado ontem no Portal das Comunidades, na internet.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) avisa que “tendo em conta a forte probabilidade de que se venha a verificar a destruição ou danos significativos nas infraestruturas, desaconselha-se a visita a esta zona durante pelo menos mais 15 dias, o tempo mínimo necessário para a sua reabilitação”.

O Florence, que já obrigou à retirada de mais de um milhão de pessoas, pode ser um dos furacões mais destruidores das últimas décadas na costa atlântica dos Estados Unidos, alertaram especialistas. O furacão deve chegar hoje, quinta-feira, à costa norte-americana.

Na nota, o Governo português recorda que foram já emitidos avisos de que não será possível fornecer socorro durante a passagem da tempestade a quem não obedeça às ordens de evacuação.

Espera-se que o furacão atinja o território norte-americano hoje, quinta-feira, “permanecendo dois dias estacionário nessa zona, até se deslocar para o interior”.

“Esta longa paragem da tempestade em frente às praias aumenta a sua capacidade de devastação, tendo em conta os ventos de 215 quilómetros/hora que está a atingir. Antecipa-se que a maré suba até 2,75 metros e que a precipitação possa alcançar cerca de 1,2 metros”, refere o comunicado do Governo português.

O alerta aos viajantes portugueses sublinha que poderão ocorrer derrocadas e quedas de árvores, mesmo nas zonas do interior, e que “há riscos ambientais a considerar, tendo em conta que na região se encontram várias centrais nucleares, e depósitos de cinzas de carvão e de outros resíduos industriais, bem como numerosas explorações de suinicultura”.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Ver também:

Atlântico Norte transformado em oceano de furacões e tempestades

 

Clique para ver mais: América

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Desfile do Ano do Porco marca início das celebrações dos 20 anos da transferência de Macau

16-01-2019 (18h20)

Grupos de Portugal e de vários países asiáticos e europeus participam nas celebrações do ano novo lunar em Macau, dando início às comemorações do 20º aniversário da transferência da administração do território, foi hoje anunciado.

Oásis Atlântico vai abrir um eco resort na praia do Tarrafal em Cabo Verde

16-01-2019 (18h10)

O grupo hoteleiro português Oásis Atlântico anunciou que vai abrir um eco resort de 5-estrelas na praia do Tarrafal, no Norte da ilha de Santiago, em Cabo Verde.

Image Tours anuncia circuito em Israel a partir de 1.440 euros

16-01-2019 (15h21)

O operador turístico Image Tours está a anunciar um circuito de sete noites em Israel, com voos TAP à saída de Lisboa, Porto e Faro, com o preço inicial de 1.440 euros.

British Airways tem táxis eléctricos na sua frota de transferes premium

16-01-2019 (14h37)

A British Airways disponibiliza táxis eléctricos para os transferes entre aeronaves no Aeroporto de Londres Heathrow.

Solférias anuncia ofertas para Verão em Saïdia com voos TAP

16-01-2019 (13h12)

O operador turístico Solférias divulgou para o mercado ofertas para férias de Verão em Saïdia com voos TAP à saída de Lisboa e do Porto aos Sábados, entre início de Junho e final de Setembro.