Famtrip ibérica a Cuba — o Oriente, de Santiago de Cuba a Holguin

05-11-2018 (19h28)

Santiago de Cuba, Guantanamo, Baracoa e Holguin foram as primeiras paragens de uma famtrip ibérica à descoberta de Cuba, a decorrer até à próxima semana.

O Oriente de Cuba, onde começaram as revoluções mais importantes da história do país, tanto a luta pela independência de Espanha como a revolução de Fidel Castro e Che Guevara, foi também a região escolhida para iniciar a viagem organizada pelo Ministério de Turismo de Cuba.

Agentes de viagens e operadores turísticos portugueses e espanhóis viajaram em voo directo da Cubana de Madrid para Santiago de Cuba na terça-feira, 30 de Outubro.

Com poucos dias passados, mas muitos quilómetros feitos, os profissionais já estiveram nas cidades de Santiago, onde visitaram o cemitério onde estão sepultados Fidel Castro e José Martí, Guantanamo, que reivindica ter muito mais para mostrar ao mundo que a base norte-americana, e Baracoa, a primeira cidade cubana, onde Cristóvão Colombo baptizou uma baía com o nome de Porto Santo, em homenagem à ilha portuguesa onde viveu.

Pelo caminho, os viajantes conheceram também a Basílica del Cobre, um local de peregrinação que muitos cubanos visitam para cumprir promessas, perto de Santiago.

Entre outras paragens, houve tempo para conhecer uma quinta, chamada Rancho Toa, próximo de Baracoa, um município conhecido pela sua beleza natural, ou pelo seu “verde contagioso”, nas palavras do guia Jesus Grajales, da Havanatur.

As plantações de cacau, café e coco, as montanhas verdejantes ao fundo, onde a vegetação parece impenetrável, têm acompanhado os longos percursos de autocarro.

O ‘peso’ da distância entre as cidades têm sido atenuando pela beleza de paisagens como a da estrada de La Farola, que atravessa aos ziguezagues a cordilheira verdejante que separa as cidades de Guantanamo e Baracoa.

A primeira visão de areia branca e mar azul turquesa, cartão de visita das Caraíbas, foi em Guardalavaca, próximo de Holguin, nos resorts Paradisus Rio del Oro e Memories Holguin.

Houve ainda oportunidade para visitar Gibara, uma jóia colonial onde se pode ver o ritmo da vida cubana numa pequena cidade, com mercadorias transportadas em carroças puxadas por cavalos, comida à venda na rua, cabeleireiros e oficinas abertos para a rua.

Camaguey, Sancti Spiritus, Cayo Santa Maria e Havana são os próximos destinos do circuito.

 

O PressTUR está em Cuba a convite do Ministério de Turismo de Cuba.


Continua em:

De Santiago a Baracoa

Por Guardalavaca, zona de praia perto de Holguin

 

Clique para mais notícias: Cuba

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Acidente com autocarro turístico em Cuba provoca sete mortos e 33 feridos

11-01-2019 (17h13)

Um acidente com um autocarro de turismo em Cuba provocou sete mortos, incluindo quatro turistas estrangeiros, e 33 feridos.

Soltour anuncia “Descontos da Felicidade” para férias nas Caraíbas e Ilhas Espanholas

08-01-2019 (17h47)

O operador turístico Soltour acaba de lançar a campanha “Descontos da Felicidade” para férias até 31 de Outubro na República Dominicana, México, Jamaica, Tenerife e Maiorca, em reservas efectuadas até 22 de Janeiro.

Solférias anuncia pacote "especial Páscoa" para Cuba

07-01-2019 (18h49)

O operador turístico Solférias está a anunciar um programa de sete noites em Cuba durante a época da Páscoa, com estadas em Havana e Varadero, e o preço inicial de 1.855 euros.

Solférias divulga propostas para luas de mel das Caraíbas à Ásia

04-01-2019 (15h10)

O operador turístico Solférias está a promover os seus programas para luas de mel em destinos como Bali, São Tomé, Maurícia, Cuba, Moçambique e Maldivas, a partir de 919 euros por pessoa em quarto duplo.

Be Live investe 22 milhões para abrir um novo 'adults only' na República Dominicana

04-01-2019 (13h15)

A rede hoteleira Be Live Hotels, que integra o grupo Globalia, assim como o operador Travelplan e a transportadora Air Europa, vai investir 22 milhões de euros para abrir um 5-estrelas ‘adults only’ na República Dominicana.