Turismo português em Cabo Verde concentra-se mais na ilha do Sal

27-02-2019 (16h55)

Foto: Soltrópico
Foto: Soltrópico

A ilha do Sal concentrou 56,7% das dormidas de turistas portugueses na hotelaria de Cabo Verde em 2018, concluiu o PressTUR a partir dos dados divulgados hoje pelo INE cabo-verdiano, os quais mostram que no ano passado Portugal foi um dos emissores que menos cresceu.

A informação indica que no ano passado a hotelaria de Cabo Verde, incluindo hotéis, pensões, pousadas, hotéis-apartamentos, aldeamentos turísticos e residenciais, contabilizou 364.059 dormidas de 70.974 hóspedes residentes em Portugal, que são em ambos os casos novos recordes, embora o número de dormidas tenha aumentado apenas 2% (mais 7,2 mil), apesar de uma subida do número de hóspedes em 4,6% (mais 3,1 mil), porque a estada média caiu 2,4%, para 5,1 noites.

Os dados do INE de Cabo Verde permitem verificar que o crescimento do turismo português em Cabo Verde se ficou a dever principalmente à evolução em alta na ilha do Sal, na qual houve um aumento das dormidas em 17,1% ou 30,1 mil, para 206,4 mil, pelo aumento do número de hóspedes em 21,1% ou 5,4 mil, para 31,3 mil, já que a estada média até baixou ligeiramente, em 3,3%, para 6,6 noites.

A penalizar o balanço do ano esteve principalmente a evolução na segunda principal ilha turística, a Boavista, onde o número de dormidas de turistas residentes em Portugal baixou 17,5% ou 19,9 mil, para 93,8 mil, por queda do número de hóspedes em 18,4% ou três mil, para 13,4 mil, apenas parcialmente compensada por uma subida da estada média em 1%, para sete noites.

Além do Sal, tiveram aumento de dormidas de turistas residentes em Portugal os estabelecimentos localizados na ilha de Santiago, que são aliás os que contabilizam o segundo maior número de hóspedes, pelo movimento de tráfego de negócios e político gerado pela capital do país, a Cidade da Praia.

A hotelaria de Santiago teve em 2018 um aumento das dormidas de turistas residentes em Portugal em 0,8% ou cerca de 320, para 42,1 mil, por aumento do número de hóspedes em 2,2% ou cerca de 450, para 20,7 mil, que compensou a descida da estada média em 1,4%, para duas noites.

Já os estabelecimentos da ilha de São Vicente e do conjunto das restantes ilhas cabo-verdianas tiveram queda das dormidas de turistas residentes em Portugal no ano de 2018, no primeiro caso em 11% ou cerca de duas mil, para 16,3 mil, e no segundo em 19,6% ou cerca de 1,3 mil, para 5,4 mil.

A queda de dormidas em São Vicente deu-se pela descida da estada média em 15,7%, para 3,7 noites, que contrariou o aumento de hóspedes em 5,6% ou cerca de 230, para 4,4 mil.

No conjunto das restantes ilhas não especificadas, a queda das dormidas de turistas portugueses deu-se por decréscimo do número de hóspedes em 3,2% ou cerca de 40, para 1,1 mil, e, principalmente, pela redução da estada média em 16,9%, para 4,7 noites.

 

Continua:

Mais de 90% dos turistas que procuram Cabo Verde optam por hotéis

 

Clique para mais notícias: Cabo Verde

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Hotelaria

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Soltrópico anuncia “últimos lugares” para partidas em Agosto

07-08-2019 (11h46)

O operador turístico Soltrópico está a anunciar ofertas de “últimos lugares” para partidas no mês de Agosto para Cabo Verde e Porto Santo.

Soltrópico anuncia ofertas de “últimos lugares” para partidas em Agosto

29-07-2019 (12h54)

O operador turístico Soltrópico divulgou para o mercado ofertas de “últimos lugares” para partidas no mês de Agosto para Cabo Verde, São Tomé, Saïdia e Monastir.

Solférias propõe Lua de Mel na ilha da Boavista

17-07-2019 (15h43)

O operador turístico Solférias está a promover programas de Lua de Mel na ilha da Boavista, com alojamento no hotel Iberostar e voos operados pela TAP nos dias 15 e 22 de Julho.

Hotel Savoy Palace no Funchal já abriu

02-07-2019 (15h37)

O novo hotel de 5-estrelas Savoy Palace, no Funchal, membro da colecção de hotéis de luxo The Leading Hotels of the World, abriu esta segunda-feira em ‘soft opening’.

Soltrópico anuncia oferta para a Ilha da Boavista com alojamento grátis para crianças

02-07-2019 (14h55)

O operador turístico Soltrópico anunciou ao mercado uma oferta de "últimos lugares" para férias na ilha cabo-verdiana da Boavista, com alojamento grátis para crianças.

Noticias mais lidas