Programa “Mais Bragança” dotado com 259 mil euros para fazer “ponte entre agentes e turistas”

26-03-2018 (17h47)

Foto: Câmara de Bragança (www.cm-braganca.pt)
Foto: Câmara de Bragança (www.cm-braganca.pt)

A Associação Comercial, Industrial e serviços de Bragança (ACISB) prevê ter disponível a partir de Maio a plataforma “Mais Bragança”, que a sua presidente disse à Lusa ter o objectivo de “articular e ser a ponte entre agentes e turistas”.

“Através do nosso projecto o turista vai ter acesso a um pacote de oferta e ele pode escolher o que de melhor lhe convier tanto na área rural como urbana”, explicou Maria João Rodrigues, que referiu que o investimento é comparticipado por fundos comunitários em 220 mil euros.

O que o projecto pretende fazer, acrescentou, é “qualificar o sector”, envolvendo as empresas de hotelaria, restauração e animação do território numa estratégia conjunta de promoção e estimulando os operadores a adaptarem-se à procura.

Maria João Rodrigues defendeu que o projecto dará visibilidade ao património, gastronomia e natureza, com destaque para o Parque Natural de Montesinho, e propõe-se preencher a principal lacuna: “neste momento o turista ainda não tem acesso ao tal pacote”, como observou.

“Até Maio, a data prevista para entrar em funcionamento a plataforma digital, a associação irá promover mais uma 'presstrip' para divulgar a região e mais duas reuniões com os agentes colaborativos “para melhorar a plataforma e ela ser lançada”.

Para complementar este projecto, está já em preparação outra candidatura para “Turistar em Bragança”, com o propósito de chegar directamente ao turista, convidando grupos nacionais e estrangeiros a visitarem o território.

De acordo com a Associação, com o “Turistar em Bragança” trata-se de chamar grupos de turistas para experimentarem alguns roteiros e atractivos.

Será, como explicou à Lusa, Maria João Rodrigues, presidente da ACISB, um modelo idêntico às viagens proporcionadas aos jornalistas ('presstrip') para conhecerem e divulgaram a região, como a que ocorreu no fim de semana com 14 representantes nacionais e estrangeiros.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Cá Dentro

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Catedral de Idanha-a-Velha recebe cimeira internacional sobre sustentabilidade

11-10-2018 (11h30)

A associação Aldeias Históricas de Portugal esta a promover a International Summit: Cultural Sustainable Destinations without Borders, que vai decorrer nos dias 15, 16 e 17 de Novembro na Catedral de Idanha-a-Velha.

Casa do Século XV em Monção transformada em enoturismo dedicado ao Alvarinho

10-10-2018 (18h16)

Uma casa do século XV em Monção reabre séculos depois, no Verão de 2019, como unidade de enoturismo e centro de experimentação do vinho Alvarinho, num investimento próximo de três milhões de euros, disse hoje à Lusa o promotor.

Turismo do Centro elogia reconhecimento europeu para Coimbra Região da Gastronomia 2021

09-10-2018 (00h28)

O presidente do Turismo Centro de Portugal (TCP), Pedro Machado, disse hoje que a atribuição do título de Região Europeia da Gastronomia 2021 a Coimbra é o reconhecimento europeu de uma região que tem produtos de elevada qualidade.

Solférias acrescenta circuitos aos seus programas de réveillon na Madeira

08-10-2018 (12h34)

O operador turístico Solférias anunciou hoje ao mercado a disponibilização de “circuitos de reveillon” a complementar os seus pacotes para o fim do ano na Madeira com voos TAP de Lisboa e do Porto.

Idanha-a-Velha 'celebra' descoberta arqueológica

03-10-2018 (14h20)

Idanha-a-Velha, que pertence à rede de Aldeias Históricas de Portugal, está a 'celebrar' a descoberta daquela que pode ser uma das portas principais da Egitânia, uma antiga cidade romana que chegou a ser habitada por suevos e visigodos.