Portugal dispõe este ano de 537 praias marítimas e 128 interiores

04-05-2018 (17h46)

Portugal conta este ano Mais de 530 praias marítimas e quase 130 fluviais estão disponíveis este verão no país, a maioria das quais entre Junho e Setembro, segundo uma portaria publicada em “Diário da República” e citada pela Agência Lusa.

A portaria, publicada na terça-feira, identifica as águas balneares costeiras e de transição e as águas balneares interiores, refere a duração da respectiva época balnear, qualifica as praias de banhos e identifica as praias de uso limitado para este ano no Continente e nas Regiões Autónomas.

A concessão na generalidade das 537 praias marítimas funciona entre Junho e Setembro, à excepção das praias do concelho de Cascais, em Lisboa, que já estão a funcionar desde terça-feira, 1 de Maio, e as de Albufeira, no Algarve, cuja concessão funciona a partir de 15 de Maio.

Das 537 praias marítimas, há 68 (25 na Madeira, 22 nos Açores, cinco no Norte, duas no Centro, cinco no Tejo e Oeste e nove no Algarve) que não estão qualificadas como praias de banhos por, à data da publicação da portaria, não estar assegurada a vigilância a banhistas.

Na região Norte, a época balnear decorre entre 15 de Junho e 16 de Setembro em todas as 115 praias marítimas.

No Centro, a primeira a abrir é a Praia da Vieira, na Marinha Grande, em Leiria, de 1 de Junho até 30 de Setembro.

O Centro tem 43 praias marítimas, com datas de abertura entre 1 de jJunho e 1 de Julho e encerramento entre 2 e 30 de Setembro.

Na região Tejo e Oeste são 104 as praias marítimas, as primeiras das quais já abriram a 1 de Maio e localizam-se no concelho de Cascais, as quais são também as últimas a fechar, a 30 de Setembro.

A generalidade das praias desta zona abre em meados de Junho e fecha em meados de Setembro. A praia do Salgado, na Nazaré, só abre a 1 de Julho.

Nesta zona, têm uso limitado as praias da Bafureira, em Cascais, Peralta e Valmitão, na Lourinhã, Coxos, em Mafra, Praia d’El Rei e Rei do Cortiço, em Óbidos, S. Bernardino, em Peniche, Adraga, Magoito e S. Julião, em Sintra, e Formosa, em Torres Vedras.

As praias do Ouro e Califórnia, em Sesimbra, são as primeiras das 34 praias da Margem Sul do Tejo a abrir, funcionando entre 30 de Maio e 16 de Setembro.

A praia de Alteirinhos, em Odemira, está qualificada como tendo uso limitado.

No Algarve, há 113 praias marítimas e as primeiras a abrir são as do concelho de Albufeira, que funcionam entre 15 de Maio e 15 de Outubro.

Nos Açores, são 70 praias marítimas, algumas das quais a funcionar entre 1 de Junho e 30 de Setembro, à excepção do ilhéu de Vila Franca do Campo, em São Miguel, que encerra a 14 de Outubro.

A generalidade das 54 praias marítimas da Madeira funciona entre o princípio de Junho e o final de Setembro, mas têm uso limitado as praias de Ribeira do Natal (Machico), Madalena do Mar (Ponta do Sol), Porto Santo – Calheta (Porto Santo) e Ponta Delgada (S. Vicente).

Quanto às praias interiores, a portaria indica um total de 128 disponíveis de Norte a Sul do país, 37 das quais no Norte, 42 no Centro, 44 no Tejo e Oeste, quatro no Alentejo e uma no Algarve.

As praias fluviais abrem entre 15 de Junho e 1 de Julho e encerram entre 30 de Agosto e 23 de Setembro.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Cá Dentro

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Solférias lança programas de São Martinho em Portugal

18-10-2018 (18h32)

O operador turístico Solférias lançou para o mercado programas para celebrar o São Martinho em Portugal, com alojamento e jantar temático.

Catedral de Idanha-a-Velha recebe cimeira internacional sobre sustentabilidade

11-10-2018 (11h30)

A associação Aldeias Históricas de Portugal esta a promover a International Summit: Cultural Sustainable Destinations without Borders, que vai decorrer nos dias 15, 16 e 17 de Novembro na Catedral de Idanha-a-Velha.

Casa do Século XV em Monção transformada em enoturismo dedicado ao Alvarinho

10-10-2018 (18h16)

Uma casa do século XV em Monção reabre séculos depois, no Verão de 2019, como unidade de enoturismo e centro de experimentação do vinho Alvarinho, num investimento próximo de três milhões de euros, disse hoje à Lusa o promotor.

Turismo do Centro elogia reconhecimento europeu para Coimbra Região da Gastronomia 2021

09-10-2018 (00h28)

O presidente do Turismo Centro de Portugal (TCP), Pedro Machado, disse hoje que a atribuição do título de Região Europeia da Gastronomia 2021 a Coimbra é o reconhecimento europeu de uma região que tem produtos de elevada qualidade.

Solférias acrescenta circuitos aos seus programas de réveillon na Madeira

08-10-2018 (12h34)

O operador turístico Solférias anunciou hoje ao mercado a disponibilização de “circuitos de reveillon” a complementar os seus pacotes para o fim do ano na Madeira com voos TAP de Lisboa e do Porto.