Passadiços do Paiva devem reabrir quinta-feira após obras de recuperação

14-01-2020 (15h49)

Os Passadiços do Paiva, a poucos quilómetros de Arouca, devem reabrir na próxima quinta-feira, 16 de Janeiro, depois de terem sido interditos ao público para obras devido ao impacto do mau tempo verificado nas últimas semanas de Dezembro.

Em causa estão arranjos em alguns troços do percurso linear que, ao longo de 8,7 quilómetros, acompanha as escarpas do rio Paiva desde a praia fluvial do Areinho até à de Espiunca, dispondo apenas de quatro pontos de entrada e saída no referido trajecto entre as freguesias de Canelas e Alvarenga

Segundo revelou à Lusa a presidente da Câmara Municipal de Arouca, os estragos foram identificados após a passagem da tempestade Elsa pelo concelho, do que resultou que várias zonas do percurso foram obstruídas pela queda de árvores, pedras e outra vegetação - sendo até que "uma parte da infraestrutura em madeira desapareceu na íntegra, levada pelas águas".

Margarida Belém declarou à Lusa que "tal como ocorrido noutros pontos do país, os Passadiços também foram afectados pelas tempestades Elsa e Fabien, o que levou ao encerramento da estrutura preventivamente, antes do mau tempo, mas fez atrasar a sua reabertura, depois de identificados os estragos".

A autarquia esteve entretanto a desenvolver trabalhos de limpeza e reparação em todo o percurso, que por várias vezes foi premiado pela organização internacional dos World Travel Awards enquanto Melhor Atracção Mundial no âmbito do Turismo de Natureza e Aventura, deverá reabrir ao público esta quinta-feira.

"Estamos a preparar a reabertura para essa data, ainda que permaneçam em curso alguns trabalhos de reparação", disse a presidente da câmara.

Os visitantes que já tinham adquirido bilhetes para acesso aos Passadiços neste período de interrupção foram entretanto ressarcidos do valor do ingresso ou transferiram o respectivo usufruto para outra data à sua escolha.

Quando ao custo das obras em curso na estrutura, avaliadas em 25 mil euros, Margarida Belém espera que o valor seja coberto pelo seguro dos próprios passadiços.

(PressTUR com Agência Lusa)


Clique para ver mais: Cá Dentro


Clique para ver mais: Portugal

 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Montemor-o-Novo vai inaugurar roteiro dedicado a obra de Saramago

21-02-2020 (16h13)

O Município de Montemor-o-Novo vai inaugurar, no Sábado, um roteiro literário, que também abrange Évora e Lisboa, dedicado aos "episódios mais marcantes" do primeiro romance do Nobel português, "Levantado do Chão".

Gouveia, Guarda e Fundão vão criar rede literária

21-02-2020 (14h55)

Os municípios de Gouveia, Guarda e Fundão vão criar uma rede literária, que incidirá sobre “espaços emblemáticos na vida e na obra” dos escritores Eduardo Lourenço, Eugénio de Andrade e Vergílio Ferreira.

Aljustrel tem o maior percurso mineiro urbano de Portugal

19-02-2020 (17h49)

O maior percurso mineiro urbano de Portugal está disponível em Aljustrel, oferecendo aos "amantes" de caminhadas a possibilidade de visitar e desvendar "segredos e riquezas" dos principais locais de interesse da vila mineira alentejana, divulgou hoje o município.

Linha do Vouga recebe comboio a vapor durante o Carnaval

19-02-2020 (16h37)

Há duas viagens de comboio a vapor agendadas para a Linha do Vouga, no fim-de-semana de Carnaval, com o itinerário entre Aveiro e Macinhata do Vouga, animação a bordo e uma recriação histórica no Museu Ferroviário.

Solférias propõe viagens aos Açores para desfrutar da tranquilidade da natureza

19-02-2020 (14h25)

O operador turístico Solférias está a divulgar a sua programação para férias nos Açores, um destino para quem procura desfrutar da tranquilidade da natureza, das actividades ao ar livre, nas montanhas e no mar.

Noticias mais lidas