Montalegre espera “avalanche” de visitantes para a última sexta-feira 13 do ano

11-07-2018 (16h25)

Foto: www.visitportugal.com
Foto: www.visitportugal.com

Montalegre celebra a última sexta-feira 13 do ano e prepara-se para receber uma "avalanche" de visitantes nesta "noite das bruxas" que dá movimento a toda a economia local, disse hoje o presidente da autarquia.

O calendário ditou uma sexta-feira 13 em Julho, tempo de calor, de férias e de regresso de emigrantes, pelo que Montalegre espera milhares de visitantes para esta que é uma das maiores festas de rua do país.

O presidente da autarquia, Orlando Alves, prevê “uma avalanche de gente” na próxima sexta-feira.

Segundo o autarca, os protagonistas são precisamente os visitantes que se transformam em bruxas, demónios, figuras do além ou duendes.

“O grande espetáculo é o que é dado pela forma como cada um dos visitantes se entrega à celebração da vida e à diversão durante toda a noite. É uma prova de adesão espontânea”, afirmou o autarca à agência Lusa.

Depois, “ao dobrar de cada esquina”, haverá um palco “onde acontece música”.

A dimensão da festa obriga a que, em cada edição, sejam melhoradas a organização e as condições de segurança, pelo que deixou de ser possível a atuação de grupos ambulantes pelas artérias da vila, o que o responsável reconhece que “tirou alguma singularidade” ao evento.

A festa em Montalegre arranca às 13:13 e o ponto alto continua a ser protagonizado pelo padre António Fontes, a quem cabe fazer a tradicional queimada, uma bebida feita à base de aguardente, limão, maçã, canela e açúcar, que “esconjura todos os males”.

O espetáculo no castelo é também feito de “muita luz, cor e ritmo” e termina com um “fogo-de-artifício”. Depois, será a vez da banda Blind Zero atuar.

Orlando Alves referiu que a organização do evento custa à volta de 160 mil euros, mas que o retorno para Montalegre “é muito maior”.

“Este evento tem um significado enorme em termos económicos. Tudo isto mexe com a economia local, desde a hotelaria, restauração ou comércio”, salientou o presidente.

No concelho está tudo “supercheio”, há já restaurantes com marcações por turnos para jantar e as unidades hoteleiras estão esgotadas.

Orlando Alves referiu que a organização está a trabalhar num “conceito novo”, que é transformar uma das artérias da vila nums “rua da restauração”.

Para facilitar o acesso a Montalegre, a estrada que liga a Chaves já está transitável, depois de meses em obras de beneficiação, no entanto, ainda não possui marcações no pavimento pelo que o autarca aconselha “cautela”.

A “noite das bruxas” é festejada desde 2002, em todas as sextas-feiras 13, e tornou-se numa das bandeiras de Montalegre e num "peso pesado" na promoção deste município do distrito de Vila Real.

Em 2018, assinalam-se duas sextas 13, uma em Abril e outra, agora, em Julho.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Cá Dentro

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Pousadas de Portugal lançam "Rotas com História"

21-09-2018 (15h08)

As Pousadas de Portugal, do Grupo Pestana, lançaram um conjunto de cinco rotas por Portugal "com o intuito de realçar a riqueza e exclusividade de cada região".

5ª edição das Chef Talks será dedicada aos cinco elementos

20-09-2018 (18h23)

A 5ª edição das Chef Talks, a decorrer no dia 29 de Setembro no restaurante Al Quimia do Epic Sana Algarve, vai ser dedicada aos cinco elementos do planeta Terra.

Sonhando lança propostas para Réveillon na Madeira e Porto Santo

18-09-2018 (17h46)

O operador turístico Sonhando anunciou programas para celebrar a passagem de ano na Madeira e na ilha de Porto Santo, com voos TAP e alojamento, a partir de 588 euros por pessoa em quarto duplo.

Adega José de Sousa convida a visitas gratuitas este Sábado

18-09-2018 (16h43)

A Adega José de Sousa, em Reguengos de Monsaraz, está a organizar visitas guiadas gratuitas às suas instalações este Sábado, dia 22, com uma prova de dois vinhos incluída, no âmbito do projecto "Adegas de Portas Abertas" da Rota de Vinhos da Península de Setúbal.

Stay Hotels anuncia preços desde 27 euros para celebrar o Dia Mundial do Turismo

18-09-2018 (16h40)

A Stay Hotels, que tem unidades no Norte, Centro e Sul de Portugal, está a anunciar preços desde 27 euros por noite para celebrar o Dia Mundial do Turismo, para estadas entre 27 de Dezembro e 27 de Janeiro.