Levantada proibição de banhos na praia de São Martinho do Porto

30-08-2019 (14h23)

Foto: Autoridade Marítima Nacional
Foto: Autoridade Marítima Nacional

A Praia de São Martinho do Porto, em Alcobaça, que foi interdita a banhos na terça-feira devido à presença de caravelas-portuguesas, reabriu após uma vistoria na manhã de hoje, sexta-feira.

Depois de ter feito buscas em terra e no mar, a Autoridade Marítima Nacional (AMN) anunciou que não foram detectados “quaisquer exemplares de caravela-portuguesa”, o que determinou o levantamento da proibição de banhos.

O capitão do Porto da Nazaré, Paulo Gomes Agostinho, determinou às 10h de hoje que fosse “hasteada a bandeira amarela” e indicou ainda “um reforço de atenção, por parte dos nadadores-salvadores para, em caso de algum avistamento [de caravela-portuguesa], reportarem imediatamente”, pode ler-se na página da AMN.

Os banhos na praia de S. Martinho do Porto, no concelho de Alcobaça, foram proibidos na terça-feira após vários banhistas terem reportado avistamentos de caravelas e de um banhista ter sofrido queimaduras, tendo sido transportado para o Hospital das Caldas da Rainha, no distrito de Leira.

Dado a presença daquela espécie não ser habitual nas águas de São Martinho do Porto, a bandeira vermelha manteve-se içada no dia seguinte, “por precaução”.

A Polícia Marítima da Nazaré, em conjunto com os tripulantes da Estação Salva-vidas da Nazaré e os nadadores-salvadores em serviço, montou “um dispositivo no mar, com três embarcações, e em terra, com duas viaturas todo-o-terreno e pessoal apeado que, durante o dia, atuou de modo a evitar que outros banhistas sofressem lesões”.

Até ao final de quarta-feira “foram detetados e recolhidos sete espécimes”, divulgou a Autoridade Marítima.

A Capitania do Porto da Nazaré deixa ainda o alerta aos banhistas para, em caso de avistamento, “avisarem as autoridades e evitarem qualquer contacto” com aquele organismo.

Em caso de contacto acidental os banhistas não deverão coçar a zona atingida, nem usar água doce, álcool ou amónia, ou colocar ligaduras.

O procedimento indicado pelas autoridades sugere lavar a área atingida com soro fisiológico e retirar “com cuidado os tentáculos (caso tenham ficado agarrados à pele), utilizando luvas, uma pinça de plástico e soro fisiológico”.

Sugerem ainda a aplicação de pomada própria para queimaduras e o rápido recurso a assistência médica.

Os sintomas da picada da caravela-portuguesa são dor forte e sensação de queimadura, irritação, vermelhidão, inchaço e comichão, sendo que algumas pessoas, especialmente sensíveis às picadas e venenos das caravelas portuguesas, podem ter reações alérgicas graves.

A caravela-portuguesa tem o nome científico de "Physalia physalis" e vive na superfície do mar graças ao seu flutuador cilíndrico, azul-arroxeado, cheio de gás.

Os seus tentáculos podem atingir 30 metros e o seu veneno é considerado muito perigoso.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Cá Dentro

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Passadiços do Paiva devem reabrir quinta-feira após obras de recuperação

14-01-2020 (15h49)

Os Passadiços do Paiva, a poucos quilómetros de Arouca, devem reabrir na próxima quinta-feira, 16 de Janeiro, depois de terem sido interditos ao público para obras devido ao impacto do mau tempo verificado nas últimas semanas de Dezembro.

Concurso para renovação do Miradouro do Zebro abre até final de Março

08-01-2020 (12h45)

O presidente da Câmara de Oleiros anunciou que o concurso para a requalificação do Miradouro do Zebro, projecto da autoria do arquitecto Siza Vieira, vai ser lançado no primeiro trimestre do ano.

Restauro da capela do Senhor D’Além em Gaia avança em Fevereiro

06-01-2020 (18h26)

O restauro da capela do Senhor D'Além, que se localiza na escarpa da Serra do Pilar, em Vila Nova de Gaia, avança em Fevereiro, indicou hoje o presidente da autarquia.

Vila Nova de Poiares espera milhares de visitantes na Semana da Chanfana

06-01-2020 (18h13)

A 15ª Semana da Chanfana de Vila Nova de Poiares, que decorre entre 10 e 20 de Janeiro, com nove restaurantes participantes, espera juntar milhares de pessoas.

Solférias lança propostas para Verão em Porto Santo

06-01-2020 (16h50)

O operador turístico Solférias anunciou ao mercado uma campanha de vendas antecipadas para as férias de Verão na ilha de Porto Santo, com pacotes de sete noites com voos directos TAP de Lisboa e do Porto.

Noticias mais lidas