Exposição World Press Photo abre ao público no Sábado no Museu de História Natural

26-04-2019 (10h56)

A exposição com as 140 fotografias vencedoras da 62.ª edição do World Press Photo estará patente ao público a partir de Sábado no Museu Nacional de História Natural e da Ciência, em Lisboa.

A exposição — que tem inauguração hoje apenas para convidados — exibe imagens captadas por 43 fotógrafos de 25 países, de acordo com a revista “Visão”, que organiza a mostra, em parceria com a Fundação World Press Photo.

Entre os premiados está a imagem do fotojornalista português Mário Cruz, premiado na categoria Ambiente, com o título “Living Among What's Left Behind" ("Viver entre o que foi deixado para trás"), resultado de um projecto desenvolvido a título pessoal, sobre comunidades de Manila, nas Filipinas, que vivem sem saneamento e rodeadas de lixo.

A imagem vencedora mostra uma criança que recolhe materiais recicláveis deitada num colchão rodeado por lixo que flutua no rio Pasig, declarado biologicamente morto na década de 1990.

A fotografia do ano do World Press Photo 2019, da autoria do norte-americano John Moore e captada em 12 de Junho de 2018, mostra uma menina hondurenha a chorar enquanto a mãe é revistada e detida próximo da fronteira dos Estados Unidos com o México, em McAllen, no Texas.

A imagem, que valeu ao fotógrafo norte-americano um prémio de 10 mil euros, foi capa da revista Time, e gerou contestação ao programa do presidente norte-americano, Donald Trump, de separação das famílias de imigrantes.

As fotografias vencedoras estarão expostas no antigo Picadeiro do Colégio dos Nobres, no Museu Nacional de História Natural e da Ciência, até 19 de Maio, todas as quintas, sextas, sábados, domingos e feriados, das 10h00 às 20h00, de acordo com a organização.

Aos sábados e domingos, o público poderá, além de visitar a exposição principal, participar em conversas e workshops de fotografia gratuitos com fotógrafos como Arlindo Camacho, Isabel Saldanha, Luís Barra, Mário Cruz, Gonçalo F. Santos e Nuno Sá.

O fotojornalista da agência Lusa Mário Cruz, que em 2016 já tinha conquistado o primeiro lugar na categoria de temas contemporâneos, com um trabalho sobre a escravatura de crianças no Senegal, estará no Sábado, dia 27 de Abril, à conversa com um número restrito de visitantes da exposição, a partir das 15:00.

O projecto de Mário Cruz, vertido para livro, também pode ser visto numa exposição patente até 26 de Maio no Palácio Anjos, em Algés.

Criado em 1955 pela organização homónima e sem fins lucrativos com sede em Amesterdão, na Holanda, o concurso World Press Photo premeia, anualmente, “fotografias que dão a conhecer ao público questões e momentos cruciais e fracturantes, que marcam a actualidade de povos e sociedades em todo o mundo, e que se repercutem além-fronteiras, com consequências à escala global”, sublinha a organização da exposição.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais: Cá Dentro

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Coimbra investe 1,2 milhões na requalificação de ruas da Alta histórica da cidade

20-08-2019 (16h13)

Coimbra vai investir 1,2 milhões de euros na requalificação do Largo da Sé Velha, da Rua do Quebra Costas e das Escadas e do Beco da Carqueja, na Alta histórica da cidade, anunciou a autarquia.

Vila do Cadaval e Serra do Montejunto vão ter rede wi-fi gratuita

20-08-2019 (16h06)

O Turismo de Portugal aprovou uma candidatura da Câmara Municipal do Cadaval para criar uma rede de 11 pontos de acesso gratuito à internet na Vila do Cadaval e na Serra do Montejunto, informou a autarquia.

Vila Galé lança programa de vindimas no Alentejo

20-08-2019 (15h19)

O hotel Vila Galé Clube de Campo, próximo de Beja, no Alentejo, promove entre 24 de Agosto e 13 de Setembro uma experiência de vindimas completa, com apanha da uva, pisa a pé tradicional e prova de vinhos.

Praia de Faro volta a ter Bandeira Verde após nova análise da água

14-08-2019 (12h15)

A Bandeira Verde voltou hoje a ser içada na Praia de Faro, no Algarve, depois de nova análise da água ter revelado “valores dentro dos parâmetros normais” de concentração de coliformes fecais, disse à Lusa o comandante do Porto de Faro.

Idanha-a-Nova promove visita guiada a Monsanto este Domingo

14-08-2019 (12h00)

A Câmara de Idanha-a-Nova promove este Domingo uma visita guiada a Monsanto, onde vai ser recriada e encenada a 'Diabólica', uma das lendas mais famosas daquela aldeia histórica.

Noticias mais lidas