Bienal cultural transforma vila medieval no Alentejo em "museu aberto"

12-07-2018 (17h45)

Evento Monsaraz Museu Aberto decorre entre 13 e 29 de Julho

Música, cante, exposições, dança, palestras sobre arqueologia e roteiro gastronómico são os 'ingredientes' da bienal cultural que, a partir de sexta-feira, vai transformar a vila medieval de Monsaraz, em Reguengos de Monsaraz (Évora), num “museu aberto”.


Promovida pela Câmara de Reguengos de Monsaraz, a bienal Monsaraz Museu Aberto vai na sua 23.ª edição e prolonga-se até ao dia 29 deste mês, com uma programação centrada na paisagem cultural, com “o que de melhor se faz na cultura e nas artes do espectáculo”, indicou hoje o município.

A actuação de Marta Pereira da Costa, a “única mulher guitarrista profissional de Fado a nível mundial”, e um concerto de Teresa Salgueiro, com músicas dos Madredeus, dos seus discos a solo e em homenagem a Amália Rodrigues, José Afonso e Carlos Paredes, são dois dos destaques do programa musical.

No primeiro dia, esta sexta-feira, a partir das 19:00, está prevista animação de rua pelo grupo SevenDixie e, três horas depois, acontece o espetáculo de Marta Pereira da Costa, que se apresenta ao público com o seu quinteto e na companhia de Rui Veloso e Ricardo Mendes.

O grupo Monda, com João Gil e Joana Amendoeira como convidados, apresenta-se no Sábado, no mesmo dia em que actua também o grupo Al-Canti. No Domingo decorrem concertos de Edu Miranda Trio, Filipa Pais e os cubanos Havana Way.

O cartaz musical é retomado no fim de semana seguinte com espectáculos no dia 20, com o AR Quarteto e a cantora Teresa Salgueiro, e no dia 21, com a Orquestra de Câmara do Alentejo e um espectáculo de Tango e folclore argentino pela orquestra Arcos de Buenos Aires Tango Show.

O espetáculo Alentejo Coral Jovem, com cinco grupos de cante alentejano, acompanhados pelo conjunto Os Vocalistas, dá o 'pontapé de saída', no dia 27, para o último fim de semana do certame.

A Gala do Cante, com desfile e actuação de grupos corais, com a participação da fadista Maria Emília, do poeta Manuel Sérgio e do guitarrista José Farinha, e o evento “O Vinho e o Trabalho”, igualmente com grupos de cante alentejano, são os pontos altos, respectivamente, dos dias 28 e 29 deste mês.

Além das sonoridades musicais, que vão 'inundar' vários espaços desta vila medieval alentejana junto ao lago do Alqueva, o certame inclui outros atractivos, nomeadamente as exposições, que podem ser visitadas durante as três semanas de programação.

A artista Renée Gagnon assina duas das mostras, “Now and Ever Oliveiras”, com fotografias modificadas na impressão digital e trabalhadas com lápis de cera, guache e aguarela, e “Menires, Calçadas e Aldeias”, com fotografias sobre vários pontos do concelho de Reguengos de Monsaraz.

O público pode também apreciar exposições de réplicas de instrumentos de tortura, pela Minerarte, e de fotografias e vídeos sobre a Monsaraz medieval e o sistema defensivo da vila, entre outras.

O programa conta ainda com outras iniciativas como “Astrónomos de Palmo e Meio”, o lançamento de vinhos da CARMIM - Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz, conferências e um Dia Aberto no Complexo Arqueológico dos Perdigões, espetáculos de marionetas, Gala das 7 Maravilhas à Mesa e um roteiro gastronómico em seis restaurantes da freguesia.

(PressTUR e Agência Lusa)

Clique para ver mais: Cá Dentro

Clique para ver mais: Actividades

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Flor de Sal é o novo restaurante do Cabanas Park Resort

16-07-2018 (15h23)

O Cabanas Park Resort, em Tavira, vai contar com um novo restaurante a partir de quinta-feira, dia 19, o Flor de Sal, resultado de uma parceria entre a cadeia hoteleira AP Hotels e a marca de vinhos Quinta de São Sebastião.

Soltrópico anuncia propostas para viagens à Madeira

16-07-2018 (14h52)

O operador turístico Soltrópico está a anunciar as suas propostas para viagens à Madeira, incluindo circuitos com visitas guiadas e pacotes “fly & drive”.

Celorico da Beira promove visitas encenadas pelo centro histórico

13-07-2018 (17h17)

Personagens ligadas a episódios que se desenrolaram na vila de Celorico da Beira, no distrito da Guarda, vão guiar os turistas que visitarem o centro histórico nos meses de Julho e de Agosto.

Moinho Pequeno do Barreiro será reabilitado para criar percurso interpretativo

13-07-2018 (16h40)

O Moinho Pequeno do Barreiro, no distrito de Setúbal, está a ser reabilitado para dar origem a um percurso interpretativo da indústria moageira, segundo o vereador da Gestão e Reabilitação Urbana da Câmara Municipal Rui Braga.

Alexandre Silva e Albert Adrià vão preparar jantar 'in LOCO'

12-07-2018 (16h55)

O chef Alexandre Silva vai partilhar a cozinha com Albert Adrià e em conjunto vão preparar uma experiência gastronómica com base nas "ideias e a técnica do cozinheiro convidado, o produto português da época e o ambiente criativo, confortável e desconcertante do LOCO".