Almada investe 70 mil euros na vigilância das praias do concelho

24-05-2019 (16h10)

Foto: www.visitportugal.com
Foto: www.visitportugal.com

A Câmara de Almada vai investir 70 mil euros para assegurar a vigilância das praias do concelho, no distrito de Setúbal, na antes, durante e após a época balnear.

O projecto Praia Protegida 2019, que teve a sua primeira edição em 2018, é coordenado pela Autoridade Marítima e apoiado por associações de bombeiros voluntários, adiantou a vereadora da Proteção Civil, Francisca Parreira, em declarações à Lusa.

Os resultados da edição de 2018 “deram-nos a segurança e garantia de que é importante manter este dispositivo e avançarmos sem hesitação”, frisou.

Neste sentido, a autarquia decidiu investir 70.640 euros, mais 14 mil euros do que no ano passado, com o objectivo de “assegurar o socorro e assistência a banhistas”, sobretudo nas praias que são concessionáveis, mas que não estão a ser exploradas por nenhuma entidade, e também nas zonas não vigiadas, mas que habitualmente têm grande afluência, como Porto Brandão, Trafaria, Primeiro e Segundo Torrão ou Cova do Vapor.

Apesar de só firmado ontem, desde 6 de Abril que a iniciativa entrou em vigor, assegurando a vigilância dos 13 quilómetros de praias do concelho durante o fim-de-semana e feriados, com dois nadadores salvadores e um meio móvel de socorro – os mesmos meios que vão estar disponíveis no fim do Verão, entre 1 e 13 de Outubro.

A partir de 1 de Junho inicia-se a época balnear e as praias concessionadas “têm a vigilância assegurada pelos estabelecimentos que lá se situam”, segundo Francisca Parreira.

Já nas praias não vigiadas, o protocolo vai disponibilizar três nadadores salvadores, enquanto nas zonas balneares sem concessionário estarão quatro vigilantes.

De acordo com a vereadora, uma das novidades deste ano é a colaboração de duas novas associações de nadadores-salvadores, o que é representativo do “sucesso da operação”.

Desta forma, o protocolo Praia Protegida 2019 foi assinado ontem entre o município, a Capitania do Porto de Lisboa, como Autoridade Marítima Local, as corporações de bombeiros de Cacilhas e da Trafaria, e pelas associações de nadadores-salvadores Âncora, Atlântico, Caparicamar e Frente Atlântica de Costa de Caparica.

Num balanço feito em Outubro de 2018, as entidades classificaram a época balnear como “positiva” devido à cooperação estabelecida que permitiu que, em 253 ocorrências, apenas duas tenham resultado em morte, sendo que uma das vítimas teve “doença súbita” e a outra tratava-se de um jovem que se afogou no pontão da Cova do Vapor, em Setembro.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Coimbra investe 1,2 milhões na requalificação de ruas da Alta histórica da cidade

20-08-2019 (16h13)

Coimbra vai investir 1,2 milhões de euros na requalificação do Largo da Sé Velha, da Rua do Quebra Costas e das Escadas e do Beco da Carqueja, na Alta histórica da cidade, anunciou a autarquia.

Vila do Cadaval e Serra do Montejunto vão ter rede wi-fi gratuita

20-08-2019 (16h06)

O Turismo de Portugal aprovou uma candidatura da Câmara Municipal do Cadaval para criar uma rede de 11 pontos de acesso gratuito à internet na Vila do Cadaval e na Serra do Montejunto, informou a autarquia.

Vila Galé lança programa de vindimas no Alentejo

20-08-2019 (15h19)

O hotel Vila Galé Clube de Campo, próximo de Beja, no Alentejo, promove entre 24 de Agosto e 13 de Setembro uma experiência de vindimas completa, com apanha da uva, pisa a pé tradicional e prova de vinhos.

Praia de Faro volta a ter Bandeira Verde após nova análise da água

14-08-2019 (12h15)

A Bandeira Verde voltou hoje a ser içada na Praia de Faro, no Algarve, depois de nova análise da água ter revelado “valores dentro dos parâmetros normais” de concentração de coliformes fecais, disse à Lusa o comandante do Porto de Faro.

Idanha-a-Nova promove visita guiada a Monsanto este Domingo

14-08-2019 (12h00)

A Câmara de Idanha-a-Nova promove este Domingo uma visita guiada a Monsanto, onde vai ser recriada e encenada a 'Diabólica', uma das lendas mais famosas daquela aldeia histórica.

Noticias mais lidas