Macau promove-se na BTL com cozinha ao vivo e experiências de realidade virtual

11-03-2019 (11h02)

Macau, que é o “Destino Internacional Convidado” da Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que decorre esta semana, vai promover-se durante a feira com três sessões diárias de cozinha ao vivo e um espaço de realidade virtual para levar os visitantes a fazer oito experiências diferentes.

Os três momentos diários de ‘showcooking’ irão apresentar receitas de pratos típicos macaenses e doçaria do território num ‘food-truck’, que estará localizado entre os Pavilhões 3 e 4, com transmissão ao vivo para o stand do Turismo de Macau, situado no Pavilhão 4.

Além da gastronomia, o Turismo de Macau dará ênfase às novas tecnologias, incluindo por isso um espaço de realidade virtual onde serão disponibilizadas oito experiências distintas, “desde passear num rickshaw pelas ruas de Macau a dar um salto da Torre de Macau”.

Os visitantes terão ainda oportunidade de conhecer a mascote do Turismo de Macau – o Mak Mak, “que irá dar as boas-vindas a todos, especialmente à geração mais nova, com ofertas de divertidas tatuagens temporárias com o desenho do Mak Mak e outro merchadising”.

O stand também “terá um espaço com a presença de jovens macaenses que se encontram a estudar em Portugal e que vêm mostrar algumas suas habilidades, como caligrafia chinesa, arte tradicional chinesa de recorte em papel, entre outras”.

O Turismo de Macau também vai promover alguns momentos de animação, incluindo uma Dança do Leão junto ao Pavilhão 1 para assinalar a abertura oficial do evento, e uma actuação de street dance no stand da APAVT, onde a directora dos Serviços de Turismo, Maria Helena de Senna Fernandes, receberá o certificado de Macau como “Destino Preferido da APAVT 2019”.

O Turismo de Macau salienta no comunicado que “com a celebração do 20º aniversário do estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau e do 40º aniversário das relações diplomáticas entre Portugal e a China, a presença de Macau na BTL reveste-se de especial importância, consolidando toda uma estratégia no posicionamento de Macau enquanto Centro Mundial de Turismo e Lazer”.

O stand do Turismo de Macau terá 108 metros quadrados, no Pavilhão 4, e “pretende passar a mensagem de Macau como um destino multifacetado e apaixonante, tendo em conta que os laços históricos, culturais e económicos existentes entre Macau e Portugal justificam sempre uma visita a este pequeno território”.

 

Ver também:

Macau promove espectáculos de video mapping em Lisboa

Macau prepara "mega operação" de promoção turística em Portugal

 

Clique para ver mais: Macau

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Japão é novo destino na programação do operador turístico Solférias

20-03-2019 (15h35)

A Solférias passou a incluir o Japão na sua programação, com dois pacotes com saídas regulares, para um mínimo de dois participantes, com acompanhamento de guia e assistentes locais em espanhol.

Meliá abriu “o seu mais espectacular hotel no Vietname”

20-03-2019 (13h16)

“Uma das grandes jóias de 2019”, é assim que o grupo espanhol Meliá Hotels International apresenta o seu novo resort no Vietname, o Meliá Ho Tram, um 5-estrelas sobre a praia em que todos os quartos têm vista para o mar.

Soltrópico promove “Campanha Escaldão” com ofertas para vários destinos

19-03-2019 (14h11)

O operador turístico Soltrópico está a promover a sua “Campanha Escaldão”, com ofertas para destinos como São Tomé, Maurícia, Salvador, Maldivas e Seicheles, a “preços que o vão deixar em brasa”.

Turistas portugueses “são bastante valiosos” para Macau, Alexis Tam

12-03-2019 (23h55)

O secretário para os Assuntos Sociais e Cultura de Macau, Alexis Tam, afirmou que os turistas portugueses “são bastate valiosos” devido ao elevado tempo médio de permanência no território, que foi o mais elevado entre os principais mercados europeus em 2018, segundo dados consultados pelo PressTUR.

“Mistura das culturas é o que faz Macau diferente”, Maria Helena de Senna Fernandes

12-03-2019 (18h43)

Macau está a apostar na diversificação dos seus atractivos e a herança portuguesa vai continuar a ter um papel importante, porque a “mistura das culturas é o que faz Macau diferente”, disse ao PressTUR a directora dos Serviços de Turismo de Macau, Maria Helena de Senna Fernandes.