Festival da Luz de Macau decorre até 31 de Dezembro

03-12-2018 (15h24)

O Festival da Luz de Macau vai decorrer em diferentes pontos da cidade até 31 de Dezembro com espectáculos de luz, projecções e video-mapping, jogos interactivos e circuitos pela cidade.

O festival vai contar com cinco espectáculos de luz e uma projecção itinerante no Mercado Municipal da Taipa dedicada à gastronomia de Macau. Três dos espectáculos de luz, elaborados pelas equipas de Portugal, Bélgica e Macau, terão lugar nas Ruínas de São Paulo. As duas restantes produções estarão a cargo de equipas locais e vão decorrer na Igreja de São Domingos e em frente ao Templo Pak Tai, com os respectivos temas  "Flashing Macau" e "Search for the Taste of Memory".

As instalações "Space-Time Hot Air Balloons, sobre o Centro Náutico do Lago Nam Van, e a "Wall of Times", nas Taipa House, dedicada à gastronomia de Macau.

Os circuitos pela cidade consistem em três rotas que abrangem 11 pontos de interesse em cinco distritos. A rota "Play Time" passa pelos locais icónicos da Igreja de São Domingos e Ruínas de São Paulo, e ainda pelo Pátio de Chôn Sau, Rua das Estalagens, Rua dos Ervanários e Largo do Pagode do Bazar, no distrito central, e ainda pelo Jardim de Camões e pela Calçada da Igreja de São Lázaro.

A rota "Youth Time" passa por Nam Van, pelo Centro Náutico do Lago Nam Van e pelo centro Anum'Arte Nam Van, e pelo distrito de Sai Van. A rota "Taste Time" passa pelas Taipa Houses, pelo Mercado Municipal da Taipa e pelo Templo Pak Tai.

Uma das novidades, a iniciativa "Food Truck x Light" consiste em "food trucks" em três pontos de interesse na cidade, onde os participantes podem receber bebidas iluminadas e souvenires após completarem actividades interactivas designadas. A mascote Mak Mak também vai marcar presença no festival, em diferentes pontos da cidade, sendo que uma das actividades sugeridas consiste em encontrar e fotografar a mascote.

Os visitantes também podem aderir aos jogos interactivos "Nostalgic Hopscotch" (jogo da macaca), no Largo do Pagode do Bazar, e o "Future Mailbox" (via app), na Igreja de São Lázaro.

A Fly over Macao VR Experience, no Centro Náutico do Lago Nam Van, é outra das novidades e consiste numa experiência de realidade virtual com óculos e um braço robótico, que leva os participantes a sobrevoar a cidade.

Os mercados "Gastronomy Night Market", com iguarias locais em frente ao Templo Pak Tai, e o "Cultural and Creative Night Market" no espaço Anim'Arte Nam Van, que promove concertos ao ar livre à sexta, Sábado e Domingo, também fazem parte da oferta do festival.

O Festival da Luz de Macau vai decorrer todos os dias até às 21h30, sendo que as instalações no espaço Anim'Arte Nam Van vão estar disponíveis até às 00h10 do dia 31 de Dezembro.

O Turismo de Macau disponibiliza informação relativa ao festival na aplicação móvel, disponível gratuitamente na App Store ou na Google Play, no Facebook, Instagram, WeChat, Weibo e no seu website.

Clique para ver mais: Ásia & Pacífico

Clique para ver mais: Actividades

Clique para mais notícias: Macau

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Japão é novo destino na programação do operador turístico Solférias

20-03-2019 (15h35)

A Solférias passou a incluir o Japão na sua programação, com dois pacotes com saídas regulares, para um mínimo de dois participantes, com acompanhamento de guia e assistentes locais em espanhol.

Meliá abriu “o seu mais espectacular hotel no Vietname”

20-03-2019 (13h16)

“Uma das grandes jóias de 2019”, é assim que o grupo espanhol Meliá Hotels International apresenta o seu novo resort no Vietname, o Meliá Ho Tram, um 5-estrelas sobre a praia em que todos os quartos têm vista para o mar.

Soltrópico promove “Campanha Escaldão” com ofertas para vários destinos

19-03-2019 (14h11)

O operador turístico Soltrópico está a promover a sua “Campanha Escaldão”, com ofertas para destinos como São Tomé, Maurícia, Salvador, Maldivas e Seicheles, a “preços que o vão deixar em brasa”.

Turistas portugueses “são bastante valiosos” para Macau, Alexis Tam

12-03-2019 (23h55)

O secretário para os Assuntos Sociais e Cultura de Macau, Alexis Tam, afirmou que os turistas portugueses “são bastate valiosos” devido ao elevado tempo médio de permanência no território, que foi o mais elevado entre os principais mercados europeus em 2018, segundo dados consultados pelo PressTUR.

“Mistura das culturas é o que faz Macau diferente”, Maria Helena de Senna Fernandes

12-03-2019 (18h43)

Macau está a apostar na diversificação dos seus atractivos e a herança portuguesa vai continuar a ter um papel importante, porque a “mistura das culturas é o que faz Macau diferente”, disse ao PressTUR a directora dos Serviços de Turismo de Macau, Maria Helena de Senna Fernandes.