Florida já está ao alcance do mortífero furacão Matthew

06-10-2016 (21h55)

A sua passagem pelo Haiti deixou mais de uma centena de mortos

O Sudeste da península norte-americana da Florida já deverá estar a sentir os primeiros efeitos da aproximação do furacão Matthew, como mostram as imagens de satélite disponibilizadas pelo National Hurricane Center (NHC) dos Estados Unidos.

No mesmo sentido concorre a informação disponibilizada pelo NHC, que indicava que às 18h00 UTC (19h00 em Lisboa), o centro do Matthew encontrava-se a 205 quilómetros a Este - Sudeste de West Palm Beach e os seus efeitos fazem-se sentir com intensidade de tempestade tropical num raio de 260 quilómetros e com intensidade de furacão até 95 quilómetros.

A informação do NHC indica, adicionalmente, que o Matthew, um furacão de categoria 4 numa escala de intensidade do vento de que o máximo é 5, com ventos máximos continuados de 220 Km/h, se está a deslocar no sentido Noroeste a 22 Km/h, prevendo-se que a partir da noite (madrugada ou manhã em Lisboa) passe a deslocar-se no sentido Norte -Nordeste.

Dessa forma, diz o NHC, o ‘olho’ do furacão, que por volta das 19h00 de Lisboa estava próximo ou sobre Freeport, Bahamas, durante a noite (madrugada ou manhã em Portugal) estará “próximo ou sobre a costa Leste da Península da Florida”, até à madrugada/manhã (em Portugal) de sexta-feira.

A previsão especificada pelo NHC indica que espera que o Matthew ‘toque’ a Península da florida na manhã de sexta-feira (tarde em Portugal) e que nas 24 horas seguintes vá ‘subindo’ rumo à Carolina do Sul sempre junto à costa.

Entretanto começam a surgir balanços mais actualizados dos estragos provocados pela sua passagem pelas Caraíbas, sobressaindo a informação da imprensa norte-americana de que terá causado pelo menos 108 mortos na península Sudoeste do Haiti, que somam a outros quatro mortos ma República Dominicana, um na Colômbia e um em St Vincent.

Em Cuba, como em anteriores ocasiões, não há relatos de vítimas mortais, mas de acordo com a BBC o Matthew, que ‘entrou’ por Punta Caleta, na província de Guantánamo, pelas 18h00 (locais) de terça-feira, provocou grandes danos materiais, nomeadamente em Baracoa, considerada a cidade mais antiga de Cuba, que a notícia diz que foi ‘arrasada’.

A chegada do Matthew à Florida já obrigou hoje a TAP a adiar para amanhã o seu voo para Miami (para ver mais clique: Furacão Matthew força alteração do voo de hoje da TAP para Miami).

 

Clique para mais notícias: Furacão Matthew

Para aceder às informações do National Hurricane Center clique: NHC

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Golpe de Estado em curso na Venezuela

30-04-2019 (12h32)

O Presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, anunciou hoje que os militares deram “finalmente de vez o passo” para acompanhá-lo e conseguir "o fim definitivo da usurpação” do Governo do Presidente Nicolás Maduro.

Governo português tem trabalhado para “criar condições” para a retoma dos voos Lisboa – Panamá

24-04-2019 (15h27)

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, afirmou que o Governo português tem trabalhado para “criar condições” para que sejam retomados os voos entre Lisboa e a Cidade do Panamá, que a TAP suspendeu em finais de Março de 2016.

Solférias propõe circuito “Tesouros do Peru”, de Lima a Cusco

09-04-2019 (12h55)

O operador turístico Solférias está a promover um circuito para conhecer os “Tesouros do Peru”, uma viagem com 12 noites de alojamento para visitar vários destinos, incluindo o Vale do Colca, o Lago Titicaca e Machu Picchu.

Novo A321 Long Range da TAP em fotos

08-04-2019 (14h04)

A TAP já recebeu o seu primeiro A321 Long Range, o seu primeiro narrow body "com capacidade para operar rotas transatlânticas" com "conforto premium". Veja aqui as fotos da aeronave.

Royal Air Maroc anuncia voos para Miami e Boston por menos de 500 euros

29-03-2019 (12h56)

A companhia aérea Royal Air Maroc está a anunciar promoções para os seus voos de Lisboa e do Porto para Miami e para Boston, via Casablanca, com preços inferiores a 500 euros, ida e volta.

Noticias mais lidas