Air France vai ter mais voos para a Costa Rica

22-02-2018 (12h59)

A Air France, que actualmente voa três vezes por semana entre Paris, através do seu hub no aeroporto Charles de Gaulle, e San José na Costa Rica, em Boeing B777-200ER com três classes, vai colocar mais um voo a partir de 31 de Outubro.

A nova ligação será às quartas-feiras, com saída de Paris, tal como os voos às segundas, quintas e Sábados (AF430), às 13h50 (hora local) e chegada à Costa Rica às 18h30 (hora local).

No sentido inverso (AF431), em horas locais, os voos saem da Costa Rica às 22h45 e chegam a Paris no dia seguinte às 16h20.

Clique para mais notícias: Air France

Clique para mais notícias: Aviação

Clique para mais propostas: América

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP já vende voos de Lisboa para São Francisco desde 377 euros one way

11-03-2019 (17h22)

A TAP está a promover os voos para o seu novo destino nos Estados Unidos, São Francisco, com preços desde 377 euros one way (só ida) e 720 ida e volta.

Tamarindo Diriá Beach Resort vai ser uma unidade "Sol by Meliá"

08-03-2019 (17h54)

A Meliá Hotels International anunciou que o Tamarindo Diriá Beach Resort passou a fazer parte do seu portfólio de unidades hoteleiras, e que a partir de 1 de Agosto vai operar segundo a marca "Sol by Meliá".

Solférias anuncia lançamento de pacotes com Tahiti, Bora Bora e Moorea

06-02-2019 (16h04)

O operador turístico Solférias anunciou hoje a disponibilização de pacotes turísticos que permitirem visitar Tahiti, Bora Bora e Moorea, na Polinésia Francesa, desde 2.409 euros, entre 1 de Abril e 15 de Dezembro.

Nova Iorque promove o NYC Winter Outing

18-01-2019 (15h38)

A cidade de Nova Iorque promove entre a próxima segunda-feira, dia 21, e 10 de Fevereiro, o O NYC Winter Outing, que consiste numa série de ofertas que, como a designação indica, foram escolhidas com o intuito de promover saídas na Big Apple.

Preço das entradas em Chichen Itza aumenta para perto do dobro

14-01-2019 (17h19)

O governo da província mexicana de Yucatán quase duplicou o preço das entradas de estrangeiros em Chichen Itza, um complexo de ruínas do povo Maya considerado Património Mundial pela UNESCO e um dos pontos de interesse mais populares do México.