Alenquer e Torres Vedras promovem-se como Cidade Europeia do Vinho

12-03-2018 (17h44)

Imagem retirada do vídeo da Câmara de Torres Vedras publicado no YouTube
Imagem retirada do vídeo da Câmara de Torres Vedras publicado no YouTube

Alenquer e Torres Vedras, eleitas ‘Cidade Europeia do Vinho 2018’, vão comemorar o título ao longo do ano com 80 acções que ligam o vinho à gastronomia e às artes, foi hoje anunciado em conferência de imprensa.

Os presidentes das câmaras de Torres Vedras, Carlos Bernardes, e de Alenquer, Pedro Folgado, anunciaram em conferência de imprensa que o programa festivo procura “divulgar a região pelo vinho e aproximar os produtores dos turistas, da restauração, dos agentes turísticos e outros agentes económicos”.

“Nos restaurantes, há muito poucos vinhos de Lisboa o que não se justifica”, salientaram, motivo pelo qual uma das acções é a atribuição de um selo a todos os restaurantes que adiram à ideia de promover seis vinhos de Torres Vedras e outros seis de Lisboa.

O programa contempla o Festival das Artes ‘Wnie Cellars & Art Fest Portugal, que sob a curadoria do músico Nuno Côrte-Real junta artistas das artes plásticas, da música, literatura, enologia, gastronomia, artes cénicas nas adegas, que se transformam em espaços culturais.

Concurso de curtas-metragens e de ideias de negócios, eventos gastronómicos, sessões de leitura de livros, encontros de artes plásticas, observações astronómicas com provas de vinhos, espectáculos de música, mostras de produtos locais, palestras sobre vinho e a cultura da vinha e espectáculos de teatro nas adegas integram também o programa hoje divulgado.

Alenquer e Torres Vedras partilham o título de ‘Cidade Europeia do Vinho 2018’, depois de Palmela (2012, Portugal), Marsala (2013, Itália), Jerez de la Frontera (2014, Espanha), Reguengos de Monsaraz (2015, Portugal), Conegliano Valdobbiadene (2016, Itália) e Cambados (2017, Espanha).

A Rede Europeia das Cidades do Vinho (RECEVIN), que integra municípios de 11 países europeus, lançou em 2012 o concurso anual “Cidade Europeia do Vinho”, para intuito turístico.

A RECEVIN - Rede Europeia de Cidades do Vinho, constituída por cidades com forte dependência económica da viticultura e que se localizam em áreas protegidas, dedica-se à promoção dos vinhos das diferentes denominações de origem para a dinamização da economia dos respectivos territórios.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Portugal


Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Sonhando lança propostas para Réveillon na Madeira e Porto Santo

18-09-2018 (17h46)

O operador turístico Sonhando anunciou programas para celebrar a passagem de ano na Madeira e na ilha de Porto Santo, com voos TAP e alojamento, a partir de 588 euros por pessoa em quarto duplo.

Adega José de Sousa convida a visitas gratuitas este Sábado

18-09-2018 (16h43)

A Adega José de Sousa, em Reguengos de Monsaraz, está a organizar visitas guiadas gratuitas às suas instalações este Sábado, dia 22, com uma prova de dois vinhos incluída, no âmbito do projecto "Adegas de Portas Abertas" da Rota de Vinhos da Península de Setúbal.

Stay Hotels anuncia preços desde 27 euros para celebrar o Dia Mundial do Turismo

18-09-2018 (16h40)

A Stay Hotels, que tem unidades no Norte, Centro e Sul de Portugal, está a anunciar preços desde 27 euros por noite para celebrar o Dia Mundial do Turismo, para estadas entre 27 de Dezembro e 27 de Janeiro.

Solférias lança novos programas para os Açores com actividades incluídas

17-09-2018 (16h11)

“Quantos Açores vivem na sua imaginação?” é o mote da nova campanha que o operador turístico Solférias está a promover para viagens aos Açores, um conjunto de programas com voos, alojamento e actividades incluídas.

MSC anuncia pacotes com voos incluídos para cruzeiros no Médio Oriente e Índia

17-09-2018 (16h05)

A MSC Cruzeiros está a promover viagens pelo Médio Oriente e Índia a bordo dos navios MSC Splendida e MSC Lirica, com voos incluídos à saída de Lisboa e preços a partir de 909 euros, a que acrescem 190 euros de taxas portuárias.