Mauritânia organiza festival de cidades antigas para relançar turismo no país

12-11-2019 (15h34)

Foto: Daniel Born / Unsplash
Foto: Daniel Born / Unsplash

A Mauritânia está a organizar, até dia 16, um festival de cidades antigas no meio do deserto, uma iniciativa que pretende relançar o turismo num país que sofreu com ataques e sequestros por grupos 'jihadistas'.

O Presidente mauritano, Mohamed Ould Cheikh El Khazouani, inaugurou no Domingo, em Chinguetti (centro), a 9ª edição de um evento que se realiza anualmente numa de quatro cidades: Chinguetti, Ouadane (norte), Oualata (sudeste), Tichitt (centro-sul).

Durante o evento, estão previstas actuações de grupos artísticos da Mauritânia, França, Espanha, Senegal, Mali e do norte de África, assim como conferências, exposições e corridas de camelos e cavalos.

Estas cidades antigas, construídas nos séculos XI e XII, inseriam-se nas rotas das caravanas que atravessavam o deserto do Saara, tendo sido incluídas, em 1996, na lista de Património Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO, em inglês).

"As pessoas desta cidade (Chinguetti) puderam, graças ao conhecimento, discernimento e grande ambição, torná-la, ao longo de sucessivas épocas, um minarete para a ciência, um ponto de partida para a peregrinação, uma fortaleza para a 'jihad' [conceito essencial da religião islâmica que significa empenho] e um centro de comércio ativo", afirmou o Presidente da Mauritânia, na presença de dezenas de turistas.

Cerca de 200 turistas chegaram à região, localizada a várias centenas de quilómetros da capital Nouakchott, desde a abertura da época turística, no início de Outubro, segundo dados oficiais citados pela agência France-Presse.

O fluxo turístico na Mauritânia tem voltado a crescer desde que, em 2017, a França aliviou a restrição a viagens a várias zonas do país, classificadas como perigosas depois da onda de ataques e sequestros que atingiu o país nas duas últimas décadas.

Entre os principais casos encontra-se o assassinato de quatro turistas franceses em Aleg, no sul do país, em 2007, reivindicado pela al-Qaida do Magrebe Islâmico.

De acordo com as principais entidades ligadas ao turismo na Mauritânia, são esperados cerca de 6.000 visitantes estrangeiros no país, que não é alvo de ataques desde 2011.

A Mauritânia deu início a uma política pró-activa de segurança, consagrando a reconstrução das suas forças armadas, um reforço da vigilância e a promoção do desenvolvimento de zonas remotas.

Ainda assim, grande parte da zona oriental da Mauritânia continua sob alerta, sendo que a França desaconselha fortemente as visitas à cidade de Oualata.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros francês considera que a situação no Sahel, em particular no Mali, "expõe o território mauritano ao risco de infiltração de grupos hostis".

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Mauritânia

Clique para ver mais: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Viajar Tours anuncia voos charter Porto – Monastir para o Verão

10-12-2019 (16h23)

O operador turístico Viajar Tours divulgou para o mercado programas para férias de Verão na Tunísia com voos charter Porto – Monastir, às segundas-feiras de 8 de Junho a 7 de Setembro.

Solférias anuncia Verão em Agadir com voos TAP do Porto

09-12-2019 (17h50)

O operador turístico Solférias anunciou ao mercado programas para férias de Verão em Agadir, uma estância balnear em Marrocos, com voos directos do Porto, operados pela TAP aos Domingos de 26 de Julho a 6 de Setembro.

Soltrópico põe à venda Verão em Djerba com voos de Lisboa e Porto

06-12-2019 (12h31)

O operador turístico Soltrópico lançou para o mercado a sua programação de Verão para Djerba com voos charter Nouvelair de Lisboa e Porto às segundas-feiras de 8 de Junho a 14 de Setembro.

Sonhando comercializa Réveillon em Marraquexe a partir de 524 euros

06-12-2019 (11h37)

O operador turístico Sonhando tem um pacote de três noites em Marraquexe, durante a passagem de ano, com saída de Lisboa a 29 de Dezembro em voos TAP.

Viajar Tours lança programas para Páscoa e Verão em Djerba

04-12-2019 (16h35)

O operador turístico Viajar Tours lançou para o mercado os seus programas para as férias da Páscoa e de Verão em Djerba, na Tunísia, com voos contratados à Nouvelair.

Noticias mais lidas