Guia “À Descoberta da Guiné-Bissau” já tem segunda edição

10-05-2018 (17h49)

A segunda edição revista e actualizada do guia "À Descoberta da Guiné-Bissau" foi apresentada na sede da União Europeia em Bissau e já está disponível para o público.

“Nós todos sabemos como o turismo é importante para o desenvolvimento da economia. A Guiné-Bissau pode encontrar no turismo uma alternativa a outras fontes de riqueza que inevitavelmente tem, mas que necessita de diversificar e essa diversificação é muito importante”, afirmou o representante da União Europeia em Bissau, Vítor Madeira dos Santos.

O guia turístico foi lançado pela primeira vez em 2016 pela Afectos com Letras, com o apoio da União Europeia, que desafiou a organização não-governamental a fazer uma segunda edição revista e actualizada.

“Transformamos uma primeira edição que foi uma experiência da Afectos com Letras com a União Europeia num instrumento muito mais útil para o turista que se desloca à Guiné-Bissau, para o investidor” e para qualquer pessoa que queira informações sobre o país, afirmou Joana Benzinho, da Afectos com Letras, que apoia há alguns anos vários projectos no país.

Segundo Catarina Taborda, directora para a promoção e eventos do Ministério do Turismo da Guiné-Bissau, o guia turístico tem ajudado bastante e a segunda edição ainda mais completa vai mostrar o que a “Guiné-Bissau tem de melhor”.

“Eu acredito que daqui algum tempo seremos uma referência em termos de turismo”, salientou.

O guia pode ser adquirido gratuitamente na página oficial na Internet da delegação da União Europeia em Bissau e na página da Afectos com Letras.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Para ler sobre a Guiné Bissau clique:

Turistas portugueses “vão sentir-se em casa” na Guiné Bissau, ministro do Turismo e do Artesanato

 

Clique para mais: África

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Fez: destino e ponto de partida

16-08-2018 (17h05)

A cidade marroquina de Fez é por si só um destino a conhecer, mas uma viagem a esta cidade imperial também pode ser um ponto de partida para conhecer melhor a história, a vida e a cultura de Marrocos.

Fez: a mais antiga Cidade Imperial de Marrocos

16-08-2018 (16h53)

A cidade de Fez, a mais antiga das quatro cidades imperiais de Marrocos, além de ter uma medina com 12 séculos de história e ser considerada Património Mundial pela UNESCO, é também um bom ponto de partida para conhecer o país.

Fez: um destino a não perder

16-08-2018 (16h37)

A cidade de Fez, uma das quatro cidades imperiais de Marrocos, é rica em história, património, cultura, gastronomia e paisagens a partir de pontos de vista impressionantes. Veja aqui algumas sugestões.

Atlas Palais Médina & Spa Fès: um 5-estrelas aos portões da medina de Fez

16-08-2018 (16h24)

O 5-estrelas Atlas Palais Médina & Spa Fès, de 146 quartos, é ideal para os visitantes da cidade imperial marroquina de Fez que queiram ficar perto da medina, mas que desejem também instalações de um hotel moderno de cidade.

Alojamento em Fez: Dentro e fora da medina

16-08-2018 (16h05)

Os 5-estrelas Fes Marriott Hotel Jnan Palace e Riad Fès Relais & Chateâux são opções de alojamento em Fez na zona moderna da cidade, construída durante o período do protectorado francês, no primeiro cado, e para um autêntico riade de luxo no interior da medina, no segundo.